Dia A Dia Da Economia - Míriam Leitão

Informações:

Sinopsis

Análise diária dos principais fatos da economia com uma das mais importantes e influentes jornalistas do país.

Episodios

  • 'Estão tratando o jabuti das termelétricas a gás como cláusula pétrea na privatização da Eletrobrás'

    17/05/2022 Duración: 07min

    O TCU voltou a discutir a privatização da Eletrobrás, mas o maior problema da proposta ainda é ignorado: o jabuti que obriga o comprador a instalar usinas a gás em regiões onde não há a matéria-prima. 'Tem que fazer o gasoduto para levar o gás e depois a linha de transmissão para trazê-lo de volta', questiona Míriam Leitão. A previsão é que essa eventual obra custe R$ 56 bilhões aos cofres públicos.

  • 'O que incomoda tanto o presidente nesse momento do país é a democracia'

    17/05/2022 Duración: 06min

    Míriam Leitão faz uma análise das falas de Bolsonaro diante de empresários. 'A democracia sempre o incomodou'. Míriam Leitão detalha que qualquer limitação de poder, Bolsonaro trata como se fosse um impedimento de governar. 'Bolsonaro aposta na crise. Esse é o plano do presidente'. Bolsonaro usa as mentiras para distorcer os fatos. 'A linguagem dele é de uma pessoa em campanha, mas uma pessoa meio desesperada, que fala apenas aos gritos e com ameaças constantes a democracia brasileira'.

  • Indústria precisará de dois milhões de novos trabalhadores até 2025, indica CNI

    16/05/2022 Duración: 05min

    De acordo com o Mapa do Trabalho Industrial, estudo feito pela CNI, a indústria precisará de dois milhões de trabalhadores qualificados até 2025. 'Ao todo, eles precisam de 9,6 milhões. 7,6 milhões estão trabalhando atualmente e precisarão de requalificar', aponta Míriam Leitão. A comentarista reflete sobre as mudanças tecnológicas no mercado de trabalho e a necessidade da economia girar para gerar novos empregos.

  • 'Presidente inventa que tem um caminho para reduzir preços de combustível'

    16/05/2022 Duración: 06min

    Míriam Leitão repercute entrevista com o superintendente-geral do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), Alexandre Barreto, que afirmou que não há mágica a ser feita pelo órgão sobre a política de preços da Petrobras: 'entrevista repõe as questões nos seus lugares'.

  • Fachin ressalta que 'autoridade máxima em uma eleição não pode ser as Forças Armadas'

    13/05/2022 Duración: 10min

    Nesta quinta-feira, o presidente do TSE 'elevou o tom' e saiu, novamente, em defesa do processo eleitoral. Miriam Leitão explica que foi necessário dizer 'uma obviedade dessas', devido às inúmeras desconfianças jogadas pelo presidente Jair Bolsonaro sobre as eleições. 'Fachin deixou claro que a autoridade máxima em uma eleição é a Justiça Eleitoral e ponto final', pontua.

  • Em fala sobre as eleições, Fachin deu o recado mais claro do TSE a Bolsonaro

    13/05/2022 Duración: 06min

    O ministro do STF e presidente do TSE afirmou que 'quem trata das eleições são as forças desarmadas'. Míriam Leitão elogiou a postura de Edson Fachin. Ela contextualizou os ataques de Bolsonaro à integridade do processo eleitoral e o papel dúbio das Forças Armadas': 'é um problema não existente, mas que obriga todo mundo a falar sobre, porque o presidente usa isso como parte do seu projeto de tumultuar as eleições'.

  • 'Inflação tem várias causas e uma delas é, e sempre foi, o gasto excessivo do governo'

    12/05/2022 Duración: 05min

    Entrou em vigor hoje a medida do governo que reduz a alíquota do imposto de importação do aço e zera a taxa de outros produtos, incluindo 7 alimentos. Míriam Leitão analisa as contínuas medidas para reduzir impostos de importação e explica como isso se relaciona com a inflação alta.

  • Fala do novo ministro sobre privatização da Petrobras 'é uma bravata'

    12/05/2022 Duración: 05min

    Em seu primeiro ato no Ministério de Minas e Energia, Adolfo Sachsida afirmou que privatizar a estatal é prioridade. Míriam Leitão contextualiza a dificuldade de promover um processo de privatização em ano eleitoral: 'ele sabe que está montando uma cortina de fumaça para Bolsonaro tentar se livrar da impopularidade do aumento dos preços dos combustíveis'.

  • 'Inflação alta, juros subindo, economia devagar e gastos públicos crescendo'

    11/05/2022 Duración: 08min

    Míriam Leitão faz uma análise da inflação de abril, que bateu 1.06%. O índice é menor do que a de março, mas continua muito alto. IPCA foi o mais alto para o mês em 26 anos. Comentarista também falou da troca no Ministério de Minas e Energia. Sai Bento Albuquerque e entra Adolfo Sachsida. Ela explica que a queda foi porque Bolsonaro está querendo dar satisfação aos caminhoneiros.

  • 'Muda muito para ficar tudo na mesma'

    11/05/2022 Duración: 05min

    Míriam Leitão faz uma análise da troca de comando no Ministério de Minas Energia. Bolsonaro quer usar a queda de dois presidentes da Petrobras e de Bento Albuquerque, do Ministério da Economia, como argumento populista para o aumento do preço do combustível no palanque. 'Bolsonaro fala como se fosse oposição ao próprio governo'. Comentarista destaca o jogo de cena de Bolsonaro ao derrubar Bento Albuquerque.

  • Juros devem voltar a subir, 'mesmo que isso leve à diminuição do PIB'

    10/05/2022 Duración: 05min

    Míriam Leitão repercute dados da ata de reunião do Comitê de Política Monetária do Banco Central, na qual ficou definida o aumento da taxa básica de juros para 12,75%. Segundo a comentarista, os parágrafos 18 e 19 demonstram que, como as projeções sobre a inflação estão muito flutuantes, a tendência é de novas altas, apesar de menos rígidas. Especialistas não sabem dizer quando ocorrerá o processo de desinflação.

  • Sugestões das Forças Armadas ao TSE 'já são atendidas ou não são aplicáveis'

    10/05/2022 Duración: 06min

    Míriam Leitão analisa decisão do Tribunal Superior Eleitoral em rejeitar as sete sugestões das Forças Armadas para aprimorar as urnas eletrônicas: 'ou já se tem o que eles estão chamando de sugestões, ou a sugestão deles é pior do que já se tem atualmente'. A comentarista exemplifica algumas das perguntas e respostas.

  • Governo Bolsonaro 'desmoralizou o teto de gastos aos poucos'

    09/05/2022 Duración: 07min

    Míriam Leitão fala sobre o governo Bolsonaro, que acumula dribles ao teto de gastos. A comentarista analisa as manobras que já foram realizadas desde 2019 e destaca constatação de um levantamento feito pela Folha: 'lei do teto de gastos sofreu doze investidas por mudanças ou dribles no governo Bolsonaro, e está a beira da décima terceira'.

  • Rodrigo Pacheco 'foi firme na defesa da Justiça Eleitoral'

    09/05/2022 Duración: 06min

    Míriam Leitão fala sobre a entrevista de Rodrigo Pacheco, presidente do Senado, exibida na Globonews no último domingo. 'Foi importante essa voz do presidente do Senado, colocando nos seus devidos termos, com a serenidade que lhe é peculiar, essa questão do respeito indiscutível à Justiça Eleitoral para conduzir o processo eleitoral', diz a comentarista.

  • ‘A quantidade de confusão que o presidente Jair Bolsonaro consegue criar é impressionante’

    06/05/2022 Duración: 09min

    Míriam Leitão comenta o anúncio de Bolsonaro sobre contratação de auditoria externa para analisar as urnas eletrônicas antes das eleições de outubro. Ela ressalta que nunca houve qualquer problema com o sistema eleitoral brasileiro. 'Bolsonaro não governa, apenas cria conflito', critica Míriam. 'Ele é um criador de crises.' A comentarista aborda também a alta dos juros. 'Já era esperado, mas fica o recadinho de que vão acontecer ainda mais altas', pontua.

  • 'Movimentos do Ministério da Defesa e declarações de Bolsonaro estão plantando a impugnação das eleições'

    06/05/2022 Duración: 06min

    Míriam Leitão fala sobre o envolvimento das Forças Armadas nas manobras do presidente Bolsonaro contra o processo eleitoral. Ela cita que o Ministério da Defesa fez novo ataque contra a lisura das urnas. 'O que realmente causa indignação é como o Ministério da Defesa foi se envolvendo'. Comentarista acrescenta que o Exército está no seu pior momento desde o fim da ditadura.

  • 'Adiar reajuste da conta de luz empurra a poeira para debaixo do tapete e engana eleitores'

    05/05/2022 Duración: 05min

    Míriam Leitão alerta para os perigos da decisão da Câmara em adiar o aumento da conta de luz dos estados, especialmente em ano de eleição. Segundo ela, adiamentos não resolvem o problema da energia cara, pois as distribuidoras vão cobrar muito mais caro dos clientes no futuro para pagar os empréstimos dados pelo governo, sujeitos aos juros galopantes. Além disso, aponta Míriam, 'não podemos adiar aumento por causa de eleição, é uma forma de enganar o eleitor.' A medida, para ela, é desonesta e populista.

  • Taxa de juros: 'já se espera para junho um novo aumento'

    05/05/2022 Duración: 05min

    Míriam Leitão fala sobre o aumento na taxa de juros: 'é um aperto monetário muito grande e isso tem impacto na economia, principalmente em uma economia que já está fragilizada no sentido do crescimento'.

  • Novo presidente da Petrobras 'tentou tapar o sol com a peneira'

    04/05/2022 Duración: 04min

    Miriam Leitão comenta a primeira entrevista de José Mauro Ferreira Coelho desde que ele assumiu a presidência da Petrobras. Para ela, o dirigente manteve uma posição ambígua ao tentar proteger Bolsonaro, mas defender atual política de preços da petrolífera. 'Vamos ver até onde vai José Mauro Coelho', destaca a comentarista.

  • 'Só quem passou um tempo grande da vida sem poder votar, dá valor a isso'

    04/05/2022 Duración: 05min

    Míriam Leitão fala sobre o primeiro voto dos jovens e a importância de regularizar o título de eleitor. 'Foi criada uma campanha por adolescentes para impulsionar o voto dos jovens no Brasil', conta a comentarista, que faz uma última chamada àqueles que ainda não tiraram o título.

página 1 de 2